Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Música, dança e conotação sexual



Conotação sexual

A conotação sexual na música brasileira é tão escancarada
Que só falta acontecer o sexo ali mesmo no palco;
Em alguns casos chegamos ao extremo
De tornar show de música e programas de televisão,
De sábado e domingo à tarde,  
Em strip-tease e quase sexo explícito.

 A ditadura proibia o protesto, a arte e o pensamento,
E liberava o sexo que entorpece os sentidos
E absorve todas as nossas energias,
Que poderia ser usada para uma revolução.

A ditadura passou, ainda estamos entorpecidos pelo sexo
Que é muito favorável ao governo e ao consumo,
Isso porque o sexo tem o poder que desvirtua. 

É favorável ao governo e o consumismo
Manter a sociedade ocupada com o sexo;
Quanto mais a sociedade é viciada em consumo,
Materialismo, sexo, entretenimentos e comportamentos superficiais,
Mais os governos e o consumismo se favorecem.

Uma sociedade de homens, conscientes, sóbrios
E equilibrados em seus cinco sentidos,
É uma sociedade de homens armados com o conhecimento
E a sabedoria, e possuem o domínio de suas vidas,
Do futuro e da sociedade.

Não importa o sistema político,
O sexo será sempre explorado com ferramenta do governo,
O capitalismo explora o sexo como produto e mercadoria,
O socialismo explora o sexo como máquina de transformação social
E as Ditaduras aceitam os puteiros como ferramentas
De entorpecimento e fuga da realidade.  

Octávio Guerra
Nunes