Postagens

poesia imparcialista

Algumas raras palavras

Algumas raras  palavrasO passado foi o que eu disse...,foi o que pensei,foi o que vivemos...é tão sem sentido existir no passado como é sem sentido olhar a fumaça que o vento já dissipou.
Nós esperamos muito de nós mesmos,depois não esperamos mais nada...,é os outros que continuam esperando muito de nós,e nós esperamos muito dos outros.
Vamos combinar que estamos todos muito cansados,e não esperamos nada nem de si e muito menos do outro. Vamos vivendo cada um com o seu peso morto.Eu, particularmente, vou me deixando pelo caminho,estou ficando leve e intangível. 
O que eu tenho para te dar é um pouco de consideração,algumas raras  palavrase tudo que aprendi de bom e metafísico,ah! Isso eu aprendi.... além disso não tenho muito mais  a oferecer.
Se isso não é do seu agrado,tudo que te peço é que me deixe em silêncio... O passado está na memóriaporque há um ponto de referênciamesmo que abstrato,porém, pode ser que tudo já tenha morrido. 
Não tenha remorso se o passado está morto,não cobre dos…

A Lei do Discurso

Tempo relativista

Sem convite

Não há quem possa ir tão fundo e tão longe...,

Uma bola de ferro prende a alma ao chão.

Sem vozes humanas

Amor ao silêncio

O grande espaço vazio

Dentro da noite dos voluptuosos

O amor dos homens maduros...

Poema e veneno

Nunes - poeta : Livros para despertar a mística da meditação e da ...