Pesquisar este blog

COMPARTILHAR

O Dia do Senhor

O Dia do Meu Senhor

 Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite (2 Pedro 3 ver 10)

Quero te encontrar,
Sei que basta esperar em silêncio
Por onde tu vais passar,
Basta ficar à tua porta...
Nas entradas do teu templo,
No meu coração tranquilo.

Quero ser a manifestação
Da sua presença e das tuas virtudes...
Hoje é sempre a véspera 
Do dia do meu Senhor
Que está a caminho;
Eu estou à sua porta.

Para o dia do meu Senhor, 
Procuro estar sempre elegante,
Humilde, cordial e em silêncio.

J.Nunez 



A plenitude do coração

A Plenitude do Coração

O cotidiano, as preocupações,
As obrigações do dia,
A mente que não cala...
É o meu mundo interior
O reflexo de minha mente,
Perturbação da harmonia com o eterno.

Depois das obrigações do dia,
A mente deve se recolher no silêncio;
Melhor ainda seria
O silêncio no desassossego do dia.  


O coração sempre em silêncio,
Sempre sereno, sempre sábio,
Sempre místico e em paz...
É o meu mundo interior
Sempre em harmonia
Com a plenitude do coração,
Com a eternidade de Deus.

J.Nunez