poeta Nunes

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Na forja de vulcano



Armas e ferramentas

Não tenho sermão
Nem julgamentos
Para os seus erros;
Eu sei o preço que se paga
Para chegar até aqui.

Na forja de vulcano,
O deus ferreiro,
Ainda forjo
Minhas armas e ferramentas
Para a grande batalha
E o grande trabalho na terra e no céu.

J.Nunez


06-05-2016

terça-feira, 3 de maio de 2016

O Ancião dos Dias



O Ancião dos Dias

O cajado toca o pasto verde,
O Ancião dos Dias se curva dizendo,
Enquanto bate o cajado no chão:
_O fogo sagrado jamais se apaga.

Sobre o mastro a bandeira
Com a Cruz de Malta.

O Ancião dos Dias
Tem um cântico eterno em minha boca:
Quero voltar para a casa de minha Mãe,
Mãe me leve em seu colo...

J.Nunez


Publicações

Marcadores