Casa de família




Todos pertencem a essa casa de família,
Casa concreta feita de madeira e tijolo,
Casa  quatro do mapa astrológico.

Casa abstrata, sobrenome,
Sangue,  karma e família...
Casa onde nascemos e morremos,
Onde deixamos de existir
E retornamos á  existência.

Casa onde veneranos nossos antepassados
Que agora aprende a caminhar,
E são nossos filhos.

Casa de muitas alegrias
E também de muitos sofrimentos,
Casa onde estão nossas raízes da alma,
Casa onde refugiamos e nos protegemos,
Casa onde abandonamos a  responsabilidade,
Casa de onde  fugimos do sofrimento.

Casa que diz muito
De nossas dívidas kármicas,
Casa de autoconhecimento,
Sacrifício, altruísmo e amor,
Casa da qual nos envergonhamos
Porque refletem
Todas as nossas fraquezas e sandices...
É nessa casa que somos  autênticos,

A casa da família é uma síntese
Da casa da humanidade,
É preciso aprender amar
E compreender a sua casa
Para depois amar o mundo:
Casa da humanidade.

Quem quiser ficar livre
Desse laço de família
Dessa casa da familia
Tem que transcender a lei do karma.

Numa visão quântica
E holística das casas
Habitamos o útero,
O mundo, a alma,
A terra, o universo,
O espírito,  a matéria,
Os céus e até os infernos.

Habitamos as sementes
De nossos futuros pais.

Estar em casa é estar dentro,
Que é infinito,
Porque estamos sempre dentro da casa,
Dentro do corpo,
Dentro da alma.
Dentro do mundo...

José Nunes Pereira







Comentários