poeta Nunes

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Demônios Luxuriosos

Entre nós sobre a nossa cama,
Um demônio pervertido, encosto,
Mais dois demônios rejeitos e luxuriosos,
Usaram o meu corpo para o seus desejos lascivos.

Conjurações, o Cristo,
Salmo 91, incensos e velas
Sal grosso, ovo e Aloe Vera...
Num ritual de magia que exorciza
Manda de volta para o inferno,
Que sejam tragadas pela terra
Essas femininas criaturas diabólicas
Que muito mal tem me feito,
Que sejam queimadas no fogo...

Cristo,  me traga a paz e o amor de Deus onipresente...

José Nunes Pereira 

Publicações

Marcadores