Pesquisar este blog

COMPARTILHAR

Íntimo

Tudo que eu quero é silêncio,
A vida me obrigou a estar na multidão,
A sina me fez ser outro que nunca quis ser...

Estou de volta para o meu silêncio,
Me sinto bem e em paz
Quando estou comigo,
Quando estou com um amigo
Que fala essa língua de silêncio.

Eu menti para mim mesmo
Quando eu disse que gostava de pessoas,
Elas são muito frívolas no que dizem...
Eu prefiro que elas nem falem...
Eu aconselho que elas se preservem.

Essa empatia é tão contra minha vontade,
Que muitas vezes fujo do contato de gente.
Não gosto que se aproximem muito,
Não gosto que me peguem,
Não gosto de invasão no meu mundo.
Gosto de preservação,
De reservas e de intimidade com minha alma.

Eu serei a cada momento,
Mais e mais íntimo comigo mesmo....
Se aproximarem de mim, por favor
Tragam a alma desabrochadas em flores,
E o coração perto de Deus.

Nunes