Pesquisar este blog

COMPARTILHAR

É sempre uma Torre de Babel.


Todos podem dizer o que pensam,

não direi nada, até mesmo porque vejo por outra perspectiva,

estou fora do jogo, estou fora da briga. 


Todos por aqui é moralista ou permissivo quando convém.

É sempre uma Torre de Babel

esse discurso de moralista depois que é vergonhoso

e criminoso defender a permissividade e a liberdade exacerbada.


O crime sempre compensa, ou nem mesmo é crime em um dado momento,

até que a permissividade leva a insanidade,

estão salvamos nossa pele condenando os permissivos 

com o bom e velho moralismo, com a ética e os bons costumes.  


Para dizer que somos poderosos e livres

somos contra a tradição, a moral e os bons costumes,

mas quando a liberdade e a permissividade exacerbada

se transforma em crime,

estão a hipocrisia nos leva a refugiar na moral e nos bons costumes

e nos tornamos, aos olhos dos outros, guardiões da dignidade e da moral.


Quem quer olhar a casca que olhe a casca!

Eu quero desbravar e ver e as estranhas, 

o cerne da estupidez e inconsciência humana.


Para dizer, ou parecer inteligentes e evoluídos

afrontamos, protestamos contra tudo que a intelectualidade materialista

diz que é ignorância e reprocesso,

no entanto, nossa soberba se desmorona diante da realidade da morte,

da desilusão e do desespero diante a vida.  

É sempre uma Torre de Babel. 

Nunes  

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário