Pesquisar este blog

COMPARTILHAR

Vou desse jeito...




 Vou desse jeito... 

A todo tempo sou um homem qualquer,

me envolvo em conversas sem fundamentos

e conflitos de ideias que se contrapõem e no fundo nada dizem;

tenho pecados mortais que me fazem sentir vivo enquanto me matam,

tem sonhos que dizem mais o que sou 

do que essa vida a luz do Sol e das lâmpadas dos postes 

dessas ruas onde se vê de tudo...


O que me faz digno por alguns instantes

e vivo no espírito e na esperança da salvação da alma

é essa breve lembrança de Deus,

essa breve súplica pelo meu Salvador Jesus

e esses momentos na vida em que sinto o coração contrito

e me lembro de Deus e da bíblia ali na cabeceira da cama.


Aprendi que devo ir para Deus com o que sou

e do jeito que estou; 

Essas mentiras de aparências 

posso contar a quaisquer um nas festas ou nas ruas...


Muito dos meus erros na vida

nasceram disso que todo mundo diz que é amor,

esse suposto amor que me deixou literalmente na sarjeta,

se transformou em garrafas, 

em alguns noites volta a ser mulher vem infernizar meus sonhos,

mas habituei à lembrança de Deus,

e essa recordação do supremo bem

tem me salvado dos laços do pecado

e dos laços dos meus inimigos,

 na vida e abaixo da luz do Sol ou dessas lâmpadas de ruas.

Nunes 

   

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário