poeta Nunes

sábado, 25 de janeiro de 2020

Imaginação consciente

Resultado de imagem para sol na janela
Sol na janela da alma 

Essa janela olha, fixamente,
para o sol de todas as manhã.

O pensamento é viajem
a imaginação é imagem fixa.

O pensamento é movimento, viajem,
A imagem é paisagem do caminho.

A lembrança leva a imagem para onde quer,
mas o pensamento não existe sem a imagem
e a imaginação.

O pensamento se fixa na imaginação consciente,
a consciência olha a imagem e o pensamento,
e pode morar no coração,
fixada na imaginação.

Amanheceu,
e o sol bate na janela da alma.

Nunes 

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Descontentamento

Descontentamento

Talvez você não tenha notado:
tenho asas, que não podem se batidas
entre estas paredes.

Não sou anjo, na verdade,
sou bem oposto disso,
tenho asas e o canto doce de um pássaro.
danço embriago de solidão e silêncio
e invoco espíritos livres.

Ah!  meus amigos!...,
almas que repudiam a tudo que esta estabelecido,
escutem o meu canto solitário
e venham me resgatar.

Sim... sei que nos alimentamos de solidão,
por um instante,
rompamos o véu da distância,
sejamos soprados pela intuição
e guiados por nossas almas afins...

Sente-se a mesa, acompanhe-me
em alguns goles de um bom café,
falemos de assuntos que não seja esta rotina,
que não seja nada
que esta estabelecido como certo...

Se seres estranhos como nós pairam no ar,
é porque não temos chão,
e não aceitamos bases falsas.

Enrosquei minhas asas na rotina
e sem alimentar, minha alma
de silêncio e solidão, padece.

Nunes

30-11-2010 

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Lei da Dualidade

Resultado de imagem para velas

Lei da Dualidade 


Para que afirme que Deus não existe
preciso de afirmar que existe um outra força 
que faça contrapartida com Deus,
logo, Deus existe! 
Porque não dá para afirmar a não existência 
de uma força sem haver contrapartida de outra.

Se afirmasse que Deus não existe
simplesmente porque não existe,
sem contrapartida de algo que existe,
e pode ser o que chamam de Deus,
ou o não Deus que faria contrapartida com Deus.

Se afirmasse que Deus não existe,
simplesmente porque não existe,
Estaria afirmando que nada existe,
porque tudo que existe tem contrapartida,
ou deixa algo ocupando o espaço de não existir ali, 
Posso afirmar que não existe uma casa em um determinado lugar,
mas não posso negar a existência do que conheço por casa. 

Se afirmar que Deus não existe,
simplesmente por que não existe
ficaria o vazio da não existência de todas as coisas,
porque tudo se completa com a existência de outra coisa
Que faz contrapartida com o que eu afirmo que existe. 

Se comparece Deus a uma nuvem que não existe no céu
se eu afirmar que Deus é uma não nuvens no céu;
tenho que ter alguma coisa substituindo essa não nuvem,
e seria um céu azul sem nuvem,
e esse céu azul sem nuvem e a claridade 
pode ser o que chamam de Deus. 

Para afirmar a não existência de alguma coisa,
eu tenho confirmar que existe, 
para depois afirmar que não existe. 

Para afirmar que não existe nuvens no céu,
tenho que afirmar que existe nuvens no céu em algum lugar,
para depois afirmar que não existe nuvem nesse céu.

Do mesmo modo que  se afirmar que Deus não existe,
precisa da afirmação dos que dizem que Deus existe
para que afirme, com base na afirmação de que Deus existe,
para afirmar que Deus não existe. 


Deus pode ser uma vela acesa para alguns
e uma vela apagada para outros,
porém não é possível negar a existência da vela. 

Nunes 

Coração alado



Coloring Page Of Hearts With Wings

Coração alado

É sempre o coração!...
Senhor do desejo sincero
E dos propósitos verdadeiros...
Coloquei minha razão
Neste caminho que escolhi
E livrei à alma
Por medo de ir fundo de mais.

A filosofia pede minha alma,
A arte quer mais que a razão,
Mas só tenho esse coração,
Para colocar nessa vereda de espinhos.

Se for para sangrar,
Que seja para eternidade da alma,
Se for para sofrer
Que seja para a liberdade do espírito.

Sou pássaro com muitos pares de asas,
Mas com um só coração
Para voar rumo à verdade...
Sou o noivo de uma única dama,
E ela pede meu coração,
E ela quer minha alma...

31/12/07

Nunes 

Não Ser

Resultado de imagem para caminhos retos

Não Ser

É impossível não ser,
ser faz parte de existir,
negar que é alguma coisa
é afirmar que é outra.

Não queira ser muitos,
é preciso escolher o bem,
e ser de preferência o menos possível
com maior intensidade possível.

Não participe de todas as conversas,
atenha ao que você é e faz,
viva e pense a todo tempo o que você é e faz.

Ande com o coração tranquilo,
com simplicidade e naturalidade
porque esse é o seu caminho.

De todas as possibilidade de ser no mundo
escolhi ser um buscador do caminho para Deus.

Nunes 

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

No Caminho do Coração

Resultado de imagem para no caminho do coração espiritualidade

No Caminho do Coração

Dei muitos passos  
em muitas direções diferentes,
me perdi em muitos caminhos,
me importei com questões
que faziam o ritmo da vida
e me dava a ilusão
de estar atado ao chão...
e sendo útil para alguma coisa.
  
Me perco porque não há pontos cardeais
nesse caminho abstrato,
não há ponto de referência
nem rituais de estar a caminho,
não nem mesmo há pegadas no chão,
nem mesmo sei se estou mesmo a caminho
indo para qualquer lugar
que não seja esse quarto
e essa mesa onde escrevo,
e que me recorda de voltar a caminha
no caminho do coração.

Nunes  


domingo, 19 de janeiro de 2020

O Chamado

Resultado de imagem para caminho entre montanhas

Porque vai chegar um tempo em que os homens não suportarão a sã doutrina, mas, sentiram cócegas nos ouvidos, reunirão em volta de si mestres conforme suas paixões. Timóteo cap 4 ver 3.


O Chamado

É madrugada em minha vida,
Todas as portas estão trancadas,
As luzes das casas se apagaram
E só me resta voltar para a solidão.

Vou caminhar mais um pouco dentro da noite,
Vou resistir mais um pouco em voltar para casa,
E quando a amanhecer, 
A solidão, feito menino desamparado,
Se perderá de mim na multidão.

Quantas vezes amanheceu em minha vida,
Quantas vezes deixei a madrugada,
E me tornei mais um na multidão
Onde eu tentei me abandonar
Igual a qualquer coisa que não sabe que existi.

Mas o fato de me sentir,
Destacava-me a mim mesmo
Como se eu fosse o único a vestir essa pele.

Estou me rendendo feito um boi
Que lentamente se entrega a morte.
Quando eu desisto, escuto o chamado,
Que vem das montanhas silenciosas,
Das profundezas do meu ser,
Das cavernas escuras feito a noite,
Das sensações de existir...

Quanto eu me entrego, escudo o chamado
Que me mostra o único caminho
Que meu ser deseja caminhar,
Então, sinto o silêncio e a solidão,
Que feito à morte, me envolvem em seus braços.

Você que canta, dança, sonha, vive,
Não sabe nada da solidão do caminho
E do chamado para as noites de tormentas,
Para os precipícios da alma,
Para o silêncio e a solidão nas montanhas,
Para os desertos onde uivam cães famintos...
Não sabe que deve deixar o seu primeiro amor...

Nunes

Publicações

Marcadores