Pesquisar este blog

COMPARTILHAR

Pawel Kuczynski: O Novo Caminho para as Artes

 



Pawel Kuczynski .

O Novo Caminho para as Artes

No tempo da fotografia
O caminho da arte plástica
Está na leitura da realidade por meio da poesia;
Na fuga da reprodução da realidade como uma mera paisagem,
Na conscientização de seu tempo e de seu contexto,
Na metáfora da linguagem,
No sentido conotativo e denotativo da imagem,
Na realidade retratada com alegoria,
No simbolismo da magia,
Na construção de sentido, na figura de linguagem,
No abstrato e no alegórico sem que seja, necessariamente,  surrealismo.
No abstrato e alegórico consciente;
Com os pés fincados na realidade física e mística.
Um exemplo é a Arte de Pawel Kuczynski .

Na poesia esse caminho tem o nome de Imparcialismo.

Nunes

20-08-2014 
                                   

O SOCIALISMO CAPITALISTA CHINÊS

Textos para Reflexão: A arte impactante de Pawel Kuczynski



de Pawel Kuczynski


O SOCIALISMO CAPITALISTA CHINÊS 

O mundo se tornou um bordel online

a democracia, o acesso a informação 
e fofocas "bombásticas" se confundem, 
especialistas leigos e idiotas podem falar a qualquer hora;
donas de casas protestantes vão ao encontro do presidente
manda o presidente da república prestar atenção  no que ela vai dizer,
é uma profeta que tirou o avental de lavar louça.  

A democratização da informação e dos entretenimentos
através dos meios eletrônicos é a ilusão de que o povo tem voz,
num mundo onde todos tem opinião sobre tudo, todos falam,  
se embaraçam e se confundem indivíduos bons  e bem intencionados 
com indivíduos que usam a ignorância da massa virtual. 

A democracia cada vez niveladora e relativista  obrigam os gênios, 
os especialistas, a se curvarem para o idiota eleito pelo povo.
A democracia niveladora e relativista dá oportunidade para o malandro
e para  imbecil que será usado pelo malandro,
como uma ferramente de explorar o povo 
que ignora os males da democracia relativista e niveladora. 

O Bordel virtual é democrático,
aqui entra branco, negro, aborígene e  amarelo,
aqui entra beata, gay, dona de casa, masturbadores, prostituta,
aqui entra velho, criança, romântico,

aqui entra Pedófilo, rico, ladrão, solteironas, Dom Juan,
pai de família, pobre, garoto na puberdade,

casanova, travesti, Lolita...

Essa é a sociedade do sexo fácil online,
cafetinas,  compras, vendas, guetos, jogos, lixos virtuais,
sociedade do prazer democrático e cibernético....

No bordel virtual qualquer coisa é assunto e notícia:
fim do mundo pela centésima vez,
a mesma atriz sem calcinha pela quinta vez,
catástrofe ambiental, capa da Playboy, bobagens,
crise mundial, traição virtual, adultério, crime,
corrupção desde o descobrimento do Brasil,
fama de artistas descartáveis,
marcha pelo reconhecimento dos prazeres sexuais, da maconha 

e outros os vícios...

O Bordel virtual é aberto vinte e quatro horas...
está para todos que desejam se corromper com  jogos e sexo
e despertar para o conhecimento,
e a árvore do bem é do mal na sociedade do prazer.


O mundo quer se dividir novamente em direita e esquerda,
mas dessas duas forças antagônicas nasceu a China
de um socialismo aplicado até onde convém 
e de um capitalismo também aplicado até onde convém.

Albano Morais

 Nunes

Filocalia: Aceite-me com esse coração ferido

Aceite-me com esse coração ferido


Esperei o vento passar
esperei a noite chegar,
esperei a lágrima cair,
esperei o silêncio e a solidão,
esperei a tempestade passar
para poder te oferecer
o meu coração e meu espirito tranquilo,
nada cessou, a noite sempre chega;
então decidi te entregar meu coração ferido
minha alma machucada,
meu corpo açoitado pelas lembranças do pecado.

Então decidi me entregar assim mesmo...
ferido e sentindo essa dor 
que não houve tempo que aliviasse;
eu me entrego do modo que sou
porque não sou capaz de fazer melhor que isso...

Aceite-me com esse coração ferido,
com esse corpo marcado pelo pecado,
eu quis muito me preparar para ti,
mas compreendi que é assim 
machucado que chegarei a ti,
compreendi que reconhecendo 
minhas fraquezas nessa tempestade 
que chegarei a ti.

Faço dessa dor um clamor de perdão
e misericórdia, uma corda, uma estrada 
que me liga e me leva a ti.

Não sou digno de ti, Rei dos reis, 
Puro dos puros, Santo dos santos ,
sou mais um mendigo a sua porta,
mas sou o seu convidado... 
a sua mesa está posta,  não há mais tempo 
para vestir me de modo digno para sentar a sua mesa.

A sua misericórdia e o seu amor
me aceita como sou. 

Nunes 

Filocalia: Filosofia de Vida Filocalista

Filocalia: Filosofia de Vida Filocalista:             Filosofia de Vida Filocalista           A filosofia de vida  filocalista  é encontro com a mística cristã, muito pes...

Sem Religião

O disco voador pousou na esquina
O monge levita
Sua mística não pertence a essa religião.
O monge medita
Sua meditação também não pertence a essa religião.

Quiseram roubar o disco voador,
Quiseram prender o monge e sua mística,
Tentaram ser dono do Santo
Mas o místico pertence ao seu Deus Interior,
Sua mística pertence as virtudes da alma.

O santo tem o dom da bilocação,
Esse dom também não pertence a essa religião.

J.Nunes